terça-feira, 7 de outubro de 2008

Day After

A dor de cabeça, eu tinha certeza, era fruto da briga furiosa do monstro da ressaca contra o monstro da memória. Quando a neosaldina intervem os monstros fazem uma trégua, mas outro bicho aproveita a paz para se instalar entre os escombros da batalha.
O bicho gosmento da culpa.

11 comentários:

Anônimo disse...

Eca, fala gosmento e eu imagino coisas gosmentas!
É bem isso que acontece mesmo, inda bem que fico livre do malamém! Não bebo!
Beijossss

*Lusinha* disse...

Brilhante!
Bjitos!

Sunflower disse...

O que é culpa?

beijas

paula barros disse...

És publicitário? Fazendo propaganda da neosaldina.r srsr

Ou poderia ser usado nas advertências da Lei Seca.

Mas daqui até a próxima a memória terá um branco, com certeza.

abraços

Oscar Menezes disse...

É por essas e outras que deixei de beber, rsrsrsrs.

Juliana Peltier disse...

e aí, tudo bem?
meus amigos usam do seguinte princípio: "afaste a ressaca, mantenha-se bêbado", mas acredito que seu pensamento está dizendo o que você não disse no post, tipo as entrelinhas, saca?
vai que dá!

b.jú

Juliana Peltier disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
anderson eduardo disse...

Eu nao tenho ressacas, pois nao bebo..... kkkkkkk.... deve ser ruim pra caramba acordar com uma puta dor de cabeça.... boa recuperação ai.... abração e tudo de bom

Sunflower disse...

todo mundo sóbreo por aqui? gente onde vamos parar? É realmente o fim dos tempos. Cadê os respeito aos antingos? As bebedeiras homéricas? As bacantes?

Polêmica disse...

A dor da culpa não é com remédio que passa, somente com humildade para mudar de atitudes e se redimir!

Beijos!

Quase Trinta disse...

kkkkkkkkkkkkk
por isso não bebo, assim não me encontro com tantos monstros..rs
Mas mesmo não bebendo o monstro da culpa sempre me visita.